Sapo Música | As aventuras - e biquínis - do Tigre Deficiente

ilustração de Rui Sousa


Segundo o calendário chinês, 2010 foi o ano do Tigre. Mas o Verão de 2011 também parece sê-lo, ou pelo menos o do Tigre Deficiente. O projecto musical portuense edita segunda-feira "Bikini Evolution", uma versão de "Biquíni às bolinhas amarelas", juntamente com um calendário ilustrado do mês de Agosto.

"Música de dança inspirada em electrodomésticos, com rock e desenhos animados de tendências avant-garde": são estes os atributos do Tigre Deficiente, diz-nos a página do Myspace deste projecto de J. (ou João Dorminsky, criador da Schizzofrenik Records, casa de artistas desalinhados que se entretêm a trocar as voltas ao rock e à electrónica).

A julgar pelas escolhas de uma das suas mixtapes, este Tigre parece ter como espécies próximas nomes como os Crystal Castles, Diplo, Cibelle ou Dandi Wind, também eles criadores de música agitada, por vezes febril e, por isso, de forte sabor veraneante. E o Verão não podia estar mais presente do que através de uma canção como "Biquíni às bolinhas amarelas", famigerado tema dos Onda Choc de inícios dos anos 90 (e, décadas antes, uma versão de Pedro Osório de um tema do norte-americano Paul Vance), que além de ser rebaptizado - como "Bikini Evolution" - tem direito a uma actualização estridente e psicadélica.

A canção, colaboração com a cantora Mari, é editada a 25 de Julho, estando disponível para compra online, e não chega sozinha. Como companhia terá um calendário do mês de Agosto com ilustrações inspiradas no imaginário da letra, assinadas por 31 artistas, ilustradores e designers.

"Bikini Evolution" é também o novo avanço para "Ordo Dracula Rosa", o primeiro álbum do Tigre Deficiente, sucessor do single "Vanette Felina" (2009) e do EP "Demo" (2011). Este último junta instrumentais e temas cantados e mostra que, além do nome do projecto, também os títulos das canções são todo um programa: "Amor e Bife", "Flora Intestinal" ou "Gajas e Fruta" são alguns dos que não passam despercebidos. Se o Verão deste ano tem estado intermitente, não é pela falta de celebração do Tigre Deficiente...

@Gonçalo Sá

Enviar um comentário